Sim, a idéia inicial era para o blog fosse atualizado o máximo possível, tipo diariamente.

Imposível.

Aí a idéia era atualizar uma vez por semana. Depois uma vez por quinzena. E agora por fim, atualizações praticamente mensais. E isso é uma vergonha!


Dicas Discoteca nada Básica

 (que antes era da semana agora é do mês e olhe lá)

 

Andrew Liles – Black Mamba (Beta-lactam Ring Records, 2007)

Maravilhoso disco! Alias são 11 cds no total ('Black Hole' 'Black Beauty', 'Black Mamba', 'Black Pool', 'Black Sea', 'Black Panther', 'Black Sheep', 'Black Widow', 'Blackout', 'Black Market' e 'Black End') em edições de 300 cópias autografadas, com alguns ainda a ser lançados. Um tesão! Alguém quer me dar uma ediçãozinha dessa aí?

 

Edward Ka_Spell - Dream Logik Part One ( Beta-Lactam Ring Records, 2007)

Atualmente em tempos de internet, escutar um disco que seja, 3 ou 4 vezes em dois dias é dificil pra cacete. E foi esse disco que conseguiu essa façanha...É uma proeza ou não é?

 

Peter Bonello & Cecil Leuter – Electronic Tricks ( L’Illustration Musicale, 1970)

 

Cara, esse disco é qualquer coisa! O "seu" Cecil Leuter , tambem conhecido como Roger Roger, era um gênio. Uma aula. Quem gosta de Moog levanta a mão aí?


Corre-corre, casamento, dinheiro voando, estresse...

Por hoje tá mais do que bom.

Até a próxima!

Dica Discoteca Nada Básica!

Pete Shelley - Sky Yen (Groovy,1979)

Olá! E aí, alguem foi ao show do Buzzcocks, que aconteceu nessa última segunda(véspera de feriado)? Não? Nem eu!

Galera a situação tá tão feia de grana que mesmo se eu quisesse muito, não poderia ir no show. Acho que só eu e a Bel sabemos o quanto temos gasto nesse último mês! Mas, apesar desse assunto "grana" vir sempre a tona, não entrarei no mérito da questão.

O fato é que a dica do DNB de hoje é esse disco solo do Pete Shelley gravado em 1974 e lançado somente em 1979 pelo seu próprio selo ( Groovy Records).

Sabe o Buzzcocks? Esqueça!
Sabe os disquinhos solo do Shelley do inicio dos anos 80( Homosapien, XL-1)? Nada a ver!

Aqui vc só vai escutar duas longas faixas com clara influência de música concreta,  eletrônica experimental dos anos 60 e até mesmo de Krautrock, porque não. Eu Recomendo e dessa vez paso o disco de lambuja para quem quiser dar uma conferida!

Para baixar, clique aqui.

IMPERDÍVEL!!!

É com muita emoção que o Discoteca Nada Básica anuncia essa tour!

Oportunidade única de conferir esses três mestres da Eletrônica Experimental tão pertinho de casa!

Estaremos lá, não é?

Olá pessoal!

O tempo é curto e minha grana mais ainda. Meu salário já não é grandes coisas, isso é fato. Imagina então nos preparativos do meu casamento? Resultado: nenhum disquinho sequer desde o inicio do ano e pior que isso, sem previsão para minha proxima aquisição! :P

E aí? Ficou comovido? Então que tal me dar um desses aqui de presente hein? hehehe

Dica Discoteca Nada Básica:

Va - Alternative Funk vol 1 ( Audiologie Cass, 1985)

Antes de mais nada, saca só o luxo da bolsa de vinil original desse cassete:

Chique no úrtimo!

Melhor que a "capa" só o disco em si. Coletânea francesa maravilhosa com uma turma da pesada: The Happiness Boys, Costes, Diseno Corbusier, Hypnobeat, Pacific 231, Smersh, Asmus Tietchens, Melsjest, Randal Kennedy, BPA, Vox Populi, Suns of Arqa, Bene Gesserit, The Arms of Someone New, Phillipe Laurent e The Living Daylights! Uma cacetada de pérolas dessa mistura imortalizada pelo 23 Skidoo e pelo Cabaret Voltaire.

E já que hoje meu post vem funkeado...

Black Devil - Disco Club (RCA, 1978 original, relançado pela Rephlex, 2004)

Cá pra nós, vc compraria esse disco "pela capa", sem saber do que se trata, no escuro total e absoluto? ahahaha

Tenho certeza que não! Mas atrás dessa capa bizarra, que parece um disco de alguma cerimônia de macumba, está uma obraprima da disco music! Se fosse resumir esse disco numa só frase, diria que é o seminal From here to Reality do Moroder, mais underground e com vocoders ainda mais bisonhos! A faixa "Timing, Forget The Timing " é espetacular e não dá pra entender porque esse disco passou despercebido na época. Genial!

Por hje é só! Até mais :)

ps: Qualquer dia desses eu posto mais itens da minha lista de casamento!

Feliz Ano Novo!


E é só com um "mêszinho" de atraso que o nosso DNB abre os trabalhos para 2007!


O post de hoje será curtinho mas prometo manter o site atualizado pelo resto do ano. Alias, pelas minhas contas, o blog ( que já teve vários nomes em vários servidores diferentes) chega ao quinto ano nesse ano de 2007! Legal né? :)


Dica Discoteca Nada Básica:


Bem, pra começar, darei 4 diquinhas de dois discos que sairam no segundo semestre do ano passado e mais dois disquinhos que já saíram no primeiro mês desse ano. Portanto, coisa fresca, meu chapa! Segura aí!


Mordant Music - Dead Air (Mordant Music, 2006) - Electronica,Industrial, Vanguarda, Electro, Pop. Duvida? Então tente! Li nessa semana que esse disco entrou como um dos melhores do ano de 2006 pela WIRE. Legal.


Vários - Iatrogenics (Creel Pone,2006) - Musica eletrônica acadêmica com um ar meio new wave/pop. Dúvida? Então tente (II, A Missão)!Muito Bom! É a Creel Pone atacando novamente!!!


Mira Calix - Eyes Set Against The Sun (Warp,2007) - Ainda bem que ainda extsitem artistas como a sulafricana Mira Calix que é um daqueles raros casos artistas que nem precisava ouvir o disco para recomendá-lo! Mas pensando bem, porque deixar de ouvir mais um bom disco dela? Eu recomendo.


Mika Vainio - Revitty ( Wavetrap,2007) - O Mika é o Mika né, cara? Todo mundo devia acender uma vela todo dia para agradecer a ele e ao Vaisanen! Mais um ótico disco de uma das metades do Panasonic.


Por enquanto é isso. Até mais!

Dica Discoteca nada Básica : Vídeos!

Sempre que posso fico fuçando o you tube atrás de viedeozinhos que jamais teria acesso se não fosse a internet. Hoje, postarei três deles vídeos de três "preferidos da casa" ! :)

Todos os três de chorar! Sem dúvida um post de gala! 

Jean-Jacques Perrey & Dana Countryman - E.V.A. - Ao Vivo em Seatle, 2006

Kluster - 1971 ( 15:43)

Thomas Brinkmann - Ursula

Espero que vc tenham gostado! :)

Estou empolgado!

Por isso o post de hoje começa com empolgação total!! :)

Dou-lhe uma!
Dou-lhe duas...
Eeeeeeee...
Jáááá!!!!

Lá vai a Dica Discoteca Nada Básica dessa semana! U-huuuu!!!

Vários - New Forms (Raster Norton, 2000)

Dê uma olhada no tracklist da criança no link acima!

 

Comentários são desnecessários, não é não?

 


Um pouco de Discoteca Básica:

Show do New Order Rio de Janeiro. 16 de Novembro de 2006.

A empolgação tomou conta do meu ser.

Do meu, da Bel e das aproximadamente 3000 pessoas que acompanharam o show do New Order nessa última quinta feira.

Admito que ao contrário da Bel, não estava tão empolgado antes do show. Mas com o passar do tempo (apesar do som horroroso,pelo preço hiper salgado, pela falta de estrutura do lugar-que é bom mas estava em fase de acabamento- e etc.), ao ouvir tantos hits do New Order e do Joy Division a coisa foi mudando...

Quem me conhece mais "intimamente"(uia!) e mesmo quem só acompanha meu blog ( eu e minha mania que agluém lê isso...) sabe que não é bem esse tipo de som que venho ouvindo nesses ultimos, hummm, 5 anos peo menos. No entanto (parece coisa de "tio velho" isso que vou falar...) mas rolou uma espécie de "nostalgia" quando via o show. Combato a nostalgia com unhas e dentes, mas de fato foi irresistível ouvir ao vivo hits como Blue Monday, Love Vigilantes, She's Lost Control, etc.

Eis algumas fotos que tiramos do show:

 

Depois de mais um longo e tenebroso inverno, cá estou :)

Dicas Discoteca Nada Básica

Tod Dockstader - Electronic - Recorded Music for Film, Radio & Television (Boosey & Hawkes, 1979)

e

Conrad Schnitzler & Gregor Schnitzler - Conrad & Sohn ("particular", 1982)

O prmeiro é um brilhante disco de "Library Music" dos anos 70. Pra quem não sabe, uma nota breve: Library Music como o nome sugere, é o nome dado a músicas usadas pelos operadores de estúdio de Rádio e Televisão para serem utilizadas como vinhetas ou sonoplastia.
O segundo é (mais) um disco genial do não menos genial Conrad Schnitzler (que participou das formações iniciais do Tangerine Dream e Cluster, além de um sem fim de discos solos seminais), e desde sempre um dos preferidos da casa.

Esses dois discos, além do fato de serem geniais, tem pelo menos outras três coisas em comum:

a) São Obras Primas obscuras da música eletrônica;

b) Os discos originais dessas pérolas são, infelizmente, praticamente impossíveis de achar!
Pra se ter uma idéia, esse disco do Conrad Schnitzler e Gregor seu filho (daí o nome do disco) foi prensado pelo próprio Conrad e foi "distribuido" apenas entre "amigos e familiares"!;

c) Ambos foram felizmente relançados em 2005 pela Creel Pone que também relançou outras obras primas da música eletrônica e eletroacustica dos anos 60 e 70 basicamente. Valeu Creel Pone!

E pra não ficar só nas "velharias"...

Philip Samartzis & Lawrence English - One Plus One (Room 40,2006)

Na minha opinião, um dos melhores discos do ano, lançado pelo selo Australiano Room 40 que é do próprio English.
"Drone" de primeira linha. Eu recomeiiiiindo! :)


Me enchi de esperança e ouvi o aclamado segundo disco do Tv on the Radio, Return To Cookie Mountain.
Rock, Post-Rock experimental me disseram.
Uma ou duas músicas mais ou menos...O resto achei uma bosta.
Talvez impressione uma "meia dúzia de gente" que se acham os tais. Mas quem se importa com isso?

ps: Tava sentindo falta desse meu mau humor! hehehehe


Mais videozinhos sensacionais!

ps: Me agradeçam depois, ok? :P

Los Iniciados - La Marca de Anubis

Andreas Dorau uns Die Marinas - Fred Von Jupiter

 


Olha o Jabá aí gente!!!

Para finalizar o post de hoje, convido vocês a visitar o seguinte endereço: www.belguichard.com
Bacana né? Site da Bel para o deleite dos senhores :)
AH! E quem quiser nos encontrar, estaremos dia 16 no MAM para acompanhar o show do New Order, ok?


Nossa! Tanto tempo se passou sem atualizar isso aqui, que a cor de fundo do blog chega estar amarelada, perceberam? :P

Bom, vamos ao que interessa! :)

Dicas Discoteca Nada Básica de Grátis!

Hoje para compensar o desleixo total para com meu querido blog, apresentarei duas dicaças que estão disponíveis para download na internet! :)

Big City Orchestra & Univac Index - Can't we just have sex instead? ( Brokenwave,2003)

Esse disco está disponível para download aqui. Ótimo disco do fantástico Big City Orchestra (que deve ter facilmente mais de 50 discos para o nosso deleite). Vale cada segundo! O resultado final desse album para quem já conhece o BCO, é um pouco distante daquela "colagem" que aparece na maioria dos seus discos. 

 

Kapotte Muziek - Uttilities ( Petri Supply, 1990)

Disponível para download aqui. Infelizmente não tenho a capa desse disco :(

Em todo caso, clique aqui pra dar uma olhada no "timaço de colaboradores" que o KM pode contar pra esse disco. Recomendado amplamente para fãs de Maurizio Bianchi e demais industriais do fim da década de 70. 


Eu Tenho você não tem!!

Throbbing Gristle - 20 jazz Funk Greats  

Ok. Esse meu "filhinho" não chega a ser um original da Industrial Records já que trata, na verdade, de um relançamento da Mute da metade dos anos 80 (o original é de 79). Mas de qualquer forma diz aí: "ele" não é uma gracinha? :D


Fotos, roupas, comida, salão, música...Não sabia que casar cansava tanto! E olha que ainda faltam 9 meses pro casório!

...

Ou será que só faltam 9 meses? :P

Criador e Criatura

Dick Raaijmakers - The Complete Tape Music Of (Composer's Voice, 2005)

Esse disco é qualquer coisa de fabuloso!
Reune TODOS os trabalhos do genial holandês Dick Raaijmakers de 1959 até 1996.
Cara, os discos que esse cara fez ( e eu sou um orgulhoso dono de um desses Lps, da Epic de 1961) é de cair o queixo!
Essa camarada aí sacou uns "grooves" que só ganhariam o "mundo pop" 20 anos depois, no barato.

E como toda figura genial, mereceu uma homenagem a altura; ou se não foi exatamente a altura, foi com certeza uma homenagem com muito boa intenção!

va- STRP1 - Reactions To The Music Of Dick Raaijmakers ( Basta, 2006)

Coletânea em homenagem a obra do sr. Dick com alguns nomes bem legais( e outros nem tanto,infelizmente, que prefiro nem comentar) da cena de musica eletrônica inteligente atual como o sr. Atom Heart, Jason Forrest, Keith Fullerton Whitman, Thurston Moore e outros!
Bem Legal. Dica de primeirissima já que esse disquinho acabou de sair do forno!


Fiquei sabendo pela minha irmã uma coisa interessante nessa semana:a Saraiva Mega Store se rendeu aos discos de vinil e acreditem, está vendendo Lps em sua loja on-line! Não sei se esses discos vão estar nas lojas fisicamente, mas mesmo se não estiverem lá, já é uma notícia legal.
Alias, a unica coisa que não é legal são os preços: 90 reais por um disquinho simples é um absurdo!


Uma imagem vale mais do que mil palavras

Der Plan, DAF, Palais Schaumburg, ... Esse You Tube é genial!

Essa é pra terminar o post de hoje no mais alto estilo!

 

 


Já que Rafael não atualiza isso aqui, Isabela(euzinha) sua digníssima, resolvi dar meus pitacos...

Começou dia 14 de Julho o Anima Mundi, festival de animação do qual sou fã faz um tempão e freqüento há anos. Os filmes são exibidos no CCBB, Centro Cultural dos Correios, Casa França Brasil, Estação Botafogo e Odeon. Eu e Rafa já fomos a algumas sessões e, por enquanto, não vi nada muito extraordinário. Mas mesmo assim valeu muito a pena. Hoje assistimos Wood & Stock: Sexo, Orégano e Rock'n'Roll, bem divertido e engraçado. Sou um pouco suspeita pra falar, gosto muito dos quadrinhos do Angeli... A história é no estilo do quadrinho escatológico mesmo, bem legal! :D
Fora isso o que estou doida pra ver(e, infelizmente não vai dar pra ir) é a palestra com o John Canemaker sobre Winsor McCay, o criador de Little Nemo. Além de me lembrar muito das minhas aulas de Faculdade com o Rui(nosso mestre!:) vale pra quem gosta de histórias com a temática do sonho... Mas Nesse endereço aí (Omelete) dá pra entender um pouquinho melhor o que eu tentei dizer... :P http://www.omelete.com.br/quadrinhos/artigos/base_para_artigos.asp?artigo=2515

Saindo um pouco do Anima Mundi mas ainda falando de animação, ontem tive uma bela gastrointerite e tive que ficar em casa. Acabou que eu e Rafa perdemos uma das sessões de Curtas do Anima Mundi... :/  Mas qual não foi minha surpresa quando meu amado noivo Rafa aparece para me visitar com uma rosa numa mão e, na outra, um DVD de WALLACE & GROMIT: A Batalha dos Vegetais????  Que fofo! Esse homem é pra casar mesmo! :)
Acabou que vimos Wallace & Gromit mesmo, muito bom!
A história é muito boa e a animação é demais mesmo! Eu já tinha visto outros 3 curtas com os personagens muito bons também, alguns no Anima Mundi, já há muito tempo. Isso além de outros da Aardman como Angry Kid, também muito bom.
 
É isso aí, não percam esse restinho de Anima Mundi, vale a pena nem que seja só pra curtir o clima gostoso que toma conta do CCBB nessa época...

Site com a programação do Festival: http://www.animamundi.com.br

Olha eu aqui outra vez!

E aí vão mais duas dicas do blog de música mais abandonado, relaxado e "não-lido" da história da internet.

Pimmon - Snaps*Crackles*Pops (Tigerbeat, 2003)

Estalos, ruidos, plic-plocs ... Esse disco é do cacete!

Wolf Eyes & Skull Defekts - Yes, I am your Angel ( Fang Bomb,2006)

Esse aqui acabou de sair e é genial.

Duas faixinhas "apenas", com destaque total para a magnifica faixa do Skull Defekts ( trio Sueco Genial, onde se destaca o Henrik Rylander, que já foi devidamente exaltado por mim no blog antigo) de apenas 25 minutinhos...E é apenas mesmo. De repente a musica termina e fica com aquele sentimento de "ué, já acabou?"! Desde já um dos melhores discos do ano!

É isso! Até a próxima!

***

E a Copa? Ah, quero papo não! Me sinto envergonhado pelo que assisti ontem na TV.

Ridículo!

Não vejo a hora do Flamengo voltar a jogar pra depositar toda a minha confiança no Obina!!

Meus Deus, eu mereço! 

 

Atenção! Eis mais duas Dicas Discoteca nada Básica:

The Fall - 458489 A Sides (Atlantic Records, 1990)

Faust & Dälek - Derbe Respect, Alder (Staubgold, 2004)

Dois discos auto-explicativos.

O primeiro é uma coleção de singles do The Fall (coletênea essa que tem também um ótimo complemento com os B-sides), incluindo alguns singles ótimos como " C.R.E.E.P." ou "Oh! Brother".  Recomendado para fãs de New Wave e Pós-Punk.

O segundo é uma mistura um tanto inusitada. Pra quem não sabe Dälek (Will Brooks para os íntimos) é um rapper enquanto que o Faust, bem...O Faust é o Faust mesmo, lenda viva do Kraut que eu já escrevi sobre ao menos umas 3 vezes por aqui. O resultado dessa combinação explosiva ( detalhe para o comentário cliché) é um ótimo disco e pra quem não gosta de rap, como eu, vai um aviso: pode cair de cabeça nesse disco que eu garanto! Alias, quem garante é o Faust!


Eu e a Bel estamos aproveitando ao máximo o fato de termos encontrado uma boa locadora de vídeo próxima das nossas casas (e também o fato de estarmos sem dinheiro) para ocupar os nossos finais de semana assistindo bons filmes. Ultimamente vimos alguns ótimos filmes, na maioria clássicos, e aproveitando que hoje estou com algum saco pra escrever, recomendo alguns filmes que todo mundo deveria ter visto ao menos uma vez na vida (ou será que só eu nunca tinha visto esses filmes?):  "Metropolis" ou "M" ( Ambos de Fritz lang), o "Enigma de Kasper Hauser" de Werner Herzog ou o genial "O Anjo Exterminador"  de Buñuel. Recomendo também o ótimo "Efeito Borboleta", que não é clássico, mas é muito bom e segue aquela linha de filmes surpreendentes tais como "Donnie Darko" ou "Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças".

Fala daí, amizade!

Mesmo sem ninguém querer ou pedir, eis que volto a postar mais duas diquinhas nada básicas pra vcs:

Scanner - Reason by Heart, Sleep By Twilight (Binemusic, 2005)

Head Resonance Company / Peter Pixel - 15 Tracks For Unknown People 1980-84 (Vinyl on Demand, 2004)

Ambos discos geniais, cada um em seu tempo.


 

Eu adoro ler sobre música, mesmo que não seja exatamente sobre o tipo de música que eu gosto. Por isso mesmo, por outras merdas que eu acabo lendo quase que diariamente por blogueiros inúteis como eu ou por algum "papa" no assunto e principalmente por ter certeza absoluta de que nada disso é novidade, acabo meu post de hoje com uma frase-desabafo-babaca: A Discoteca nada Básica tem o orgulho de avisar que é o único blog sobre música alternativa no mundo que está cagando um monte (ou cagou um monte, pois provavelmente ja acharam algo mais "novo" nessas últimas semanas) pro disco do Artic Monkeys e afins. E Tenho dito, obrigado!

Dicas Discoteca Nada Básica:

Como daqui a poucos dias o blog antigo vai pras cucuias, resolvi fazer uma compilação com o nome dos discos que postei como dicas nesses últimos anos.

Como a lista é grande pra cacete ( eu nem imaginava que o blog tinha tanto conteúdo assim!), eu dividi a lista ano a ano em ordem cronológica ( ou seja, o primeiro disco em postei em janeiro e o últimos em Dezembro).

O legal dessa lista é que se ela não serve pra definir meu gosto musical a fundo, serve ao menos pra ter uma idéia do que passou pela minha “vitrola” nesses últimos anos.



DNB em 2003:

Coil - Scatology (1984)
Va - The Industrial Records Story - Illuminated Records (1984)
Manne Manic Mess - Vollmondelektronik (2002)
Dorau uns die Marinas - Blumen und Narzissen (1981)
Stereo Toral - Party Anticonformista
Cramps - Fiends of Dope Island ( 2003)
Kreidler - Appearance and the Park (1998)
Messer Chups - Vamp babes ( 1998)
Rheingold - Rheingold (1980)
Residents - The King and Eye ( 1989)
Pyrolator - Home Taping is Killing Music ( 1985)
Andre Szighethy - Andre Szigethy (1983)
Plank , Moebius and Neumeier - Zero Set ( 1982)
Blondie - Parallel Lines (1978)
Matmos - A Chance to Cut Is a Chance to Cure ( 2001)
Mathematiques Modernes - Les Visiteurs Du Soir (1981)
TRIO - s/t ( 1981)
Merricks - The Sound of Munich ( 1997)
Cabaret Voltaire - Methodology (2003)
Crass - Stations of the Crass (1979)
Roxy Music - Siren (1975)
Yello - Claro que Si ( 1981)
Alan Vega - Jukebox Babe/Collision Drive ( 1986 em cd)
Va- Das Beste von Ata Tak ( 1991)
Va-Sonig.ilation (2003)
Demented Are Go - Kicked out of Hell (1987)
Capitain Sensible - Woman and capitains First (1982)
Jean Paul Gaultier - Aow Tou Dou Zat ( 1989)
Surf Punks - Locals Only ( 1982)
Flipper - Album-Generic Flipper ( 1982)
Kraftwerk - Tour de France Soundtracks ( 2003)
Mäuse - s/t ( 1994)
23 Skidoo - Seven Songs (1982)
Mekons - Mekons Story (1982)
Produkt - Float ( 1996)
Cabaret Voltaire - Three Mantras ( 1980)
Faust - Faust IV ( 1973)
Schlammpeitziger - Collected Simple Songs of My Temporary Past (2002)
Die Krupps - Stahlwerksinfonie (1981)
Uk Subs - Brand new Age ( 1980)
Matmos - The Civil War (2003)
Panasonic - Kulma ( 1997)
Va - Wire Tapper 10
Martin Rev - Martin Rev (1979)
KKFS - Quelle Quail Fait Chaud (2003)
Chicks on Speed - 99 Cents (2003)
Muslimgauze - Azzazin ( 1996)
Les Rita Mitsouko - Rita Mitsouko (1984)
Devo - Freedom of Choice (1980)
Soul Center II ( 2000)
Renaldo & the Loaf - Songs for Swinging Larvae ( 1979)
Stray Cats - Stray Cats ( 1981)
Autechre - Amber (1994)
Scratch Pet Land - Solo Soli IIIII ( 2001)
Cockney Rejects - Greatest Hits vol 1
Wire - The Drill EP ( 1991)
Yellow Magic Orchestra - Xoo Multiplies ( 1980)
Eurythmics - In the Garden ( 1981)
Va- Super Post Electronica ( 2000)
Din a testbild - Programm 2 (1981)
Four Tet - Rounds ( 2003)

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Homem

 
Visitante número: